Declarações de Karol Conká no 'BBB21' colocam em risco presença da cantora em festival

Extra
·1 minuto de leitura
Foto: Fábio Rocha/Rede Globo/Divulgação

A participação da cantora Karol Conká no "BBB21" vem gerando polêmica fora da casa, muito mais do que dentro do confinamento. Algumas declarações recentes da artista sobre outros participantes têm gerado certo mal estar, especialmente em relação à paraibana Juliette. Karol vem sendo acusada, inclusive, de ter disparado algumas falas carregadas de xenofobia, ao ironizar a educação e o sotaque da jogadora.

Tais declarações da rapper não agradaram, por exemplo, a organização do festival Rec-Beat, que acontece anualmente no Recife (PE), com entrada gratuita. Para 2021, o evento preparou uma versão virtual com apresentações gravadas dos artistas, tendo no line-up nomes como a banda O Terno, a cantora Céu e... Karol Conká.

No entanto, em comunicado divulgado pelo Rec-Beat, o festival está avaliando o cancelamento da exibição da performance de Karol, programada para ir ao ar no dia 14 de fevereiro. A organização do festival afirma que discorda "fortemente das declarações e atitudes da artista Karol Conká em sua participação na casa #BBB21, que revelam posturas que confrontam os princípios do Festival Rec-Beat".

O evento ressalta que, "por Karol estar incomunicável e pelo processo envolver vários agentes", a suspensão da exibição do show da cantora ainda está sendo avaliada.

O Rec-Beat também diz não compactuar com "a prática do cancelamento e da condenação/linchamento de pessoas pelas redes sociais" e que qualquer posição que venha a ser tomada pelo festival "virá acompanhada de ações que debaterão questões como a xenofobia".

O comunicado é finalizado com a promessa de uma "cessão de espaço para que a artista se manifeste no momento em que ela sair do isolamento imposto pelas regras do BBB".