Decola o primeiro voo entre Venezuela e Colômbia após retomada de relações

O primeiro voo da Venezuela até a Colômbia, depois do restabelecimento das relações diplomáticas entre os dois países, decolou nesta segunda-feira (7) após mais de dois anos de suspensão das conexões aéreas diretas.

O Boeing, da companhia aérea venezuelana privada Turpial, partiu às 17h30 locais (19h30 de Brasília) do aeroporto internacional de Maiquetía, que atende Caracas.

O estande da empresa estava enfeitado com bandeiras da Venezuela e da Colômbia, além de balões com as cores amarelo, azul e vermelho, que representam ambas as nações.

Turpial, uma pequena companhia aérea fundada em 2016 com sede na cidade de Valencia, opera atualmente também voos internacionais para o Panamá e Santo Domingo.

Inicialmente, a Venezuela tentou retomar essa conexão por meio da estatal Conviasa, mas as sanções financeiras dos Estados Unidos impossibilitaram.

A estatal colombiana Satena, por sua vez, tem previsão de voar a Maiquetía nesta quarta-feira, em seu primeiro voo internacional. Já em 28 de novembro, uma nova rota Barranquilla-Caracas será inaugurada.

A retomada dos voos ocorre após a recuperação das relações bilaterais com a chegada de Gustavo Petro ao poder na Colômbia. Elas haviam sido rompidas em 2019 devido ao apoio do governo anterior, de Ivan Duque, ao líder opositor venezuelano Juan Guaidó, deixando de reconhecer a reeleição de Nicolás Maduro.

O primeiro voo estava programado para 26 de setembro, mas houve um atraso por causa da situação com a Conviasa.

erc/jt/cjc/ic/mvv