Decretado novo confinamento em Melbourne em meio a Aberto da Austrália

·1 minuto de leitura
Espectadora do Aberto da Austrália, em Melbourne, em 12 de fevereiro de 2021

As autoridades australianas ordenaram nesta sexta-feira (12) um novo confinamento de cinco dias em Melbourne, em plena disputa do Aberto da Austrália de tênis, para tentar conter um possível novo surto de covid-19.

O primeiro-ministro do estado de Victoria, Daniel Andrews, disse que esse confinamento é necessário para impedir um surto da variante britânica mais contagiosa do coronavírus, que apareceu em um dos hotéis em que vários jogadores e participantes do Aberto da Austrália respeitaram uma quarentena.

Devido às restrições, cerca de cinco milhões de pessoas na segunda maior cidade da Austrália terão que ficar em casa por cinco dias a partir da meia-noite de sexta-feira, exceto para um número limitado de atividades essenciais.

Em relação ao primeiro Grand Slam de tênis da temporada, que começou a ser disputado na segunda-feira e reúne os melhores tenistas do mundo, Andrews afirmou que o evento poderá continuar a ser disputado por ser considerado um "local de trabalho", mas com portões fechados e equipe limitada.

dm/arb/jah/dp/am