Decriptação de mensagens muda no iOS 13 e obriga mudanças drásticas em apps

Redação

Um dos grandes pilares do vindouro iOS 13 é o fortalecimento da segurança e privacidade e, como parte dos esforços para otimização, muitos mensageiros terão mudanças na forma como coletam dados ao explorar voz sobre IP (VoIP). Para os usuários, essa é uma ótima notícia, mas para os desenvolvedores isso tem se tornado uma dor de cabeça, principalmente porque muitos precisam mudar radicalmente a maneira como seus utilitários funcionam.

De acordo com o The Information, a maior barreira fica por conta de uma limitação imposta pela Apple ao conjunto de aplicações PushKit API, originalmente desenvolvido para o VoIP, mas que vinha sendo utilizado por muitos programas para decriptar mensagens no plano de fundo. A mudança faz com que o PushKit seja usado exclusivamente para chamadas na web.

Novo sistema operacional móvel da Apple está chegando (Imagem: Divulgação/Apple)

Com isso, muitas empresas não podem mais usá-lo para nada, incluindo encriptação ou decriptação de conteúdo. Isso afeta diretamente apps como Threema, Wickr e Wire. É uma questão que não chega a ser impossível contornar, contudo, exige alterações muito grandes. Sem contar que outras opções para encriptação e decriptação se mostraram muito inferiores ao PushKit.

iOS 13 já foi alvo de reclamação de desenvolvedores nesta semana

A Maçã estabeleceu aos programadores o prazo de adaptação para o iOS 13 até abril de 2020 — entretanto, é claro que todo mundo quer estar com seus apps prontos durante o lançamento, neste mês, o que dificilmente vai acontecer, principalmente nas companhias menores.

Essa é a segunda grande questão levantada sobre o iOS 13. Nesta semana mesmo, vários desenvolvedores reclamaram de problemas envolvendo a sincronização do serviço de armazenamento em nuvem iCloud.

Fonte: Canaltech

Trending no Canaltech: