Deepfake: conteúdo do JN é adulterado; entenda

Jair Bolsonaro na ONU (Foto: Michael M. Santiago/Getty Images)
Jair Bolsonaro na ONU (Foto: Michael M. Santiago/Getty Images)

A deepfake, tecnologia que usa a inteligência artificial, está sendo muito utilizada nestas eleições com o objetivo de adulterar conteúdos e desinformar os eleitores.

Entre outras coisas, a fartamente permite mudar o movimento dos lábios e transplantar um trecho de uma fala, mudando completamente o conteúdo da notícia.

Nas últimas semanas, conteúdo do Jornal Nacional, da TV Globo, foi modificado e muito compartilhado em redes sociais para propagar notícias falsas.

Um dos conteúdos mais compartilhados exibe áudio e vídeo adulterados para afirmar que o presidente Jair Bolsonaro (PL), candidato à reeleição, estaria à frente na pesquisa de intenção de voto do Ipec.

Mas isso é falso: o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é líder em todas as pesquisas eleitorais do Ipec e do Datafolha. Já Bolsonaro aparece em segundo lugar.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)