Defensoria Pública do Rio registra baixo índice de servidores com Covid-19

Extra

Dos 4.405 integrantes da Defensoria Pública do Rio, incluindo defensores, servidores, residentes e estagiários, apenas 1,6% (cerca de 70 pessoas) testou positivo para a Covid-19 desde o início da pandemia. E felizmente não foi registrada nenhuma morte pela doença.

A Defensoria atribui os baixos índices de contaminação também pelos protocolos de seguranças instituídos pelo órgão, que distribuiu equipamentos, estabeleceu trabalho remoto para vários setores e forneceu transporte para servidores.

De maio a junho os trabalhadores ficaram em regime 100% remoto. Atualmente, os trabalhadores que fazem parte do grupo de risco continuam em casa.