Defesa pede novo adiamento do júri de Flordelis, marcado para 6 de junho

A defesa de Flordelis dos Santos de Souza entrou com um pedido nesta quinta-feira (3) pedindo novamente o adiamento do júri da ex-deputada federal, marcado para o dia 6 de junho. Os advogados fizeram o requerimento à juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal, responsável pelo processo no qual a pastora é acusada de ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo.

Opinião: Em pesquisa encomendada por advogados, 63% dos entrevistados dizem que Flordelis é culpada pela morte do marido

Em liberdade: Filho de Flordelis é o primeiro membro da família a deixar a cadeia

Sessão marcada: Justiça nega pedido para transferir julgamento de Flordelis para o Rio

Os advogados pediram o adiamento do julgamento de Flordelis, de sua filha afetiva Marzy Teixeira e da neta Rayane dos Santos Oliveira. As três são defendidas pela mesma banca de advogados.

Na sessão do próximo dia 6, serão julgados ainda Simone dos Santos Rodrigues, filha biológica de Flordelis, e André Luiz Oliveira, seu ex-marido e também filho afetivo de Flordelis. Em relação aos dois, não houve o pedido. André é defendido pelos mesmos advogados de Flordelis. Já Simone, não.

Ouça áudio: 'Você vai destruir a carreira dessa delegada', disse para Flordelis mulher de ex-PM

Marcado inicialmente para 9 de maio deste ano, o julgamento de Flordelis já foi adiado uma vez por Nearis, justamente por ainda estarem pendentes laudos no processo. A defesa da ex-deputada alega que alguns laudos pedidos ainda não foram anexados e outros que já foram, não houve tempo para que possa analisá-los.

Flordelis é acusada de ser mandante da morte do marido, o pastor Anderson do Carmo, em 16 de junho de 2019. Dois filhos da ex-deputada já foram condenados pelo crime. Junto com Flordelis, serão julgados outros três filhos e uma neta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos