As delícias do carbonara veramente italiano

·3 min de leitura

Gemas de ovo, guanciale, pimenta-do reino e queijo pecorino. Quatro ingredientes básicos e muitas receitas possíveis a partir da imaginação do cozinheiro. Como toda boa pasta clássica italiana, o spaghetti alla carbonara tem preparo simples e precisa de insumos de qualidade para ter o sabor de casa que o chef Michele Petenzi gosta.

— É uma das receitas italianas mais feitas e mais controversas, porque o tradicional vocês sabem que não tem creme de leite? — perguntou ele, que veio da Itália em 2014 e há um ano comanda a cozinha do Alloro al Miramar, do Miramar Hotel by Windsor, em Copacabana.

As mudanças mais comuns no Brasil são a troca do queijo pecorino (de leite de ovelha) por parmesão ou grana padano, mais comuns e mais em conta por aqui, e do guanciale (bochecha de porco curada) por pancetta (barriga suína curada) ou mesmo bacon, que é a barriga defumada.

— O segredo do carbonara está na cremosidade do molho de queijo e das gemas, que abraça a massa. Depois entra o crocante do guanciale e fica tudo perfeito — explicou, enquanto o aroma da pasta tomava o auditório Senac.

Michele usou spaghetti grano duro e finalizou o molho com a água do próprio cozimento, que foi feito apenas com sal. A questão suscitou perguntas da plateia, que ficou na dúvida sobre o ponto idem.

— É perigoso colocar mais sal. O queijo pecorino já é salgado, o guanciale também. E mais água salgada do cozimento que arremata. Pena que não teremos degustação, mas vocês podem me visitar lá no Alloro e conferir — brincou.

A aula ficou ainda mais afetiva com a presença da família do chef, que está no Rio para passar as festas de fim de ano.

O Rio Gastronomia é realizado pelo jornal O GLOBO, com apresentação do Senac RJ, cidade-anfitriã Invest.Rio | Prefeitura RJ, patrocínio master do Santander, patrocínio de Stella Artois, Naturgy, Coca-Cola e Sebrae, apoio de Secretaria de Turismo Governo do Estado do Rio de Janeiro, Gosto da Amazônia, Aspen Pharma, Amázzoni Gin, Água Pouso Alto, Supermercado Zona Sul, Sesc RJ, iFood e Loft, ticketeria oficial Ingresso Certo e parceria de SindRio.

Já comprou o seu ingresso?

As entradas custam R$ 65 (sáb e dom, ou R$ 32,50, a meia) e estão à venda pelo site ingressocerto.com/riogastronomia. Crianças de até 10 anos não pagam. Roda-gigante: R$ 15 (individual) e R$ 50 (para quatro pessoas).

Desconto:

Outra opção é o ingresso solidário Mesa Brasil Sesc RJ com 30% de desconto, fazendo uma doação de R$ 10 ou R$ 5 revertida em alimentos para o projeto. Na compra do ingresso para um dia, assinantes O GLOBO ganham uma 2ª entrada. Mais informações sobre descontos para assinantes do GLOBO e Valor Econômico, alunos Senac RJ e clientes Santander estão no riogastronomia.com.

Cuidado redobrado:

Os protocolos sanitários das autoridades de saúde serão seguidos. Será exigido o passaporte da vacina, com documento de identificação.

Onde:

Jockey Club Brasileiro. Praça Santos Dumont 31, Gávea.

Horários:

Sáb, do meio-dia à meia-noite. Dom, do meio-dia às 23h. Até 19 de dezembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos