Del Valle é denunciada por propaganda enganosa em linha de bebidas

·1 min de leitura
A Del Valle foi denunciada por propaganda enganosa de linha de bebidas. Foto: Divulgação/Del Valle Fresh
A Del Valle foi denunciada por propaganda enganosa de linha de bebidas. Foto: Divulgação/Del Valle Fresh
  • O Instituito Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) formalizou uma denúncia ao Procon-DF contra a Brasal Refrigerantes S.A por publicidade enganosa.

  • A organização não governamental afirma que os produtos da linha Del Valle Fresh estão infringindo o Código de Defesa do Consumidor (CDC);

  • O Idec alega que a bebida é vendida como saudável e feita à base de fruta, mas que na composição há apenas 1,5% do alimento.

O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) formalizou na última quarta-feira (13) uma denúncia ao Procon-DF contra a empresa Brasal Refrigerantes S.A., responsável pela comercialização e distribuição de bebidas da marca Coca-Cola, por publicidade enganosa.

A organização não governamental afirma que os produtos da linha Del Valle Fresh estão infringindo o Código de Defesa do Consumidor (CDC) e pede à fundação que faça a devida apuração.

Leia também:

A representação do Idec alega que as bebidas são vendidas como produtos saudáveis e feitos à base de frutas, mas que nas composições não se têm quantidades necessárias para que sejam classificadas dessa forma.

Segundo a denúncia, as ilustrações na embalagem do produto também induzem os consumidores ao erro.

Desse modo, as imagens de frutas, como laranjas, uvas e limões, sugeririam que os alimentos estariam em maior quantidade na composição da bebida, quando na realidade compõem menos de 1,5% da substância.

O instituto também questiona a classificação da bebida, que é dada como suco pela fabricante. De acordo com o Idec, para ser considerado suco, seria necessário que a bebida contivesse apenas a fruta na constituição.

Para Mariana Gondo, advogada da organização não governamental e uma das autoras da denúncia, o produto tem o potencial de afetar as escolhas alimentares dos clientes e enganá-los.

A Coca-Cola afirma que ainda não foi notificada pelo Procon-DF, e que portanto não há um posicionamento sobre as alegações.

*Com informações da Agência O Globo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos