Delegacia de Homicídios busca identificar criminosos que mataram policial civil em assalto

Agentes da Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) trabalham para identificar os criminosos que mataram o policial civil Jorge Luiz do Nascimento, de 65 anos, na manhã desta quarta-feira, dia 1º, durante uma tentativa de roubo na Avenida Pastor Martin Luther King Júnior, em Inhaúma, na Zona Norte do Rio. Imagens da câmeras de segurança da região flagraram os bandidos em fuga, após o inspetor, que era lotado na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) do Centro, ser baleado em seu carro, um Fiat Strada.

Apoio: 'Que você se mantenha de pé', escreve Gloria Perez a mãe de filha morta supostamente por envenenamento

Agressão e morte: Militar da Marinha é encontrado morto a facadas em casa, na Zona Norte do Rio

De acordo com as investigações, a vítima foi abordada por quatro bandidos armados. Nos vídeos, aos quais O GLOBO teve acesso, é possível ver que pelo menos um deles segura uma pistola. O grupo foge para uma rua que dá acesso à comunidade da Galinha, em Inhaúma.

O policial chegou a ser levado para o Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, mas não resistiu aos ferimentos. O carro do inspetor tem ao menos três marcas de tiros em seu lado esquerdo.

A assessoria da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, uma equipe do 3º BPM foi chamada devido a uma tentativa de roubo na Avenida Pastor Martin Luther King (antiga Avenida Automóvel Clube), em Inhaúma, nas imediações da 44ª DP, sentido Vicente de Carvalho. Um policial civil foi abordado por quatro homens armados e baleado. Os criminosos fugiram, deixando o carro da vítima no local. A vítima foi levada para o Hospital Municipal Salgado Filho por uma equipe da UPP Alemão, mas não resistiu aos ferimentos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos