Delegada é alvo de operação do MP do Rio por envolvimento com 'Faraó dos Bitcoins'

A delegada da Polícia Civil Daniela dos Santos Rebelo Pinto é um dos alvos da Operação Novo Egito, deflagrada nesta manhã pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do Rio. Segundo a TV Globo, policial é suspeita de receber propina de Glaidson Acácio dos Santos, o 'Faraó dos Bitcoins', quando ainda atuava na Delegacia de Defraudações. Foram expedidos 12 mandados de prisão e 17 de busca e apreensão, a serem cumpridos na Região dos Lagos e na Região Metropolitana do Rio, além de bairros da Zona Oeste da capital fluminense, como Jacarepaguá e Barra da Tijuca.

Daniela dos Santos Rebelo Pinto não teve mandado de prisão expedido, apenas de busca e apreensão. A ação desta sexta-feira é um desdobramento da operação que prendeu Glaidson, em agosto de 2021. Nesta operação foi expedido um mandado de prisão contra o ex-garçom e empresário, que segue na cadeia por cinco processos aos quais responde.

O ex-garçom Glaidson Acácio dos Santos foi preso em agosto do ano passado na Operação Kriptos, desencadeada pela Polícia Federal e o Ministério Público Federal. Glaidson foi acusado de comandar um esquema bilionário de pirâmide financeira, por meio de sua empresa G.A.S. Consultoria e Tecnologia LTDA. O empresário foi acusado de lesar milhares de investidores no mercado de criptomoedas.

Glaidson e outros 16 pessoas são réus por crime contra o sistema financeiro nacional, lavagem de dinheiro e gestão temerária ou fraudulenta. A ação resultou na prisão do ex-garçom, conhecido em Cabo Frio como 'Faraó dos Bitcoins'.

Em junho, ele teve sua prisão revogada pelo Superior Tribunal de Justiça pelo crime contra instituição financeira e associação criminosa, mas continua detido por outros cinco processos aos quais responde. São eles: estelionato, lavagem de dinheiro, um por homicídio e outros dois por tentativa de homicídio. O empresário está na Cadeia Pública Joaquim Ferreira de Souza, no Complexo de Gericinó.