Delegado armado invade casa e diz que vai "estourar cabeça" de moradora em MT

Delegado invade casa e ameaça mulher em MT - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
Delegado invade casa e ameaça mulher em MT - Foto: Reprodução/Câmera de Segurança
  • Delegado armado invade casa de família e ameaça mulher de morte em Cuiabá

  • Episódio foi registrado pela câmera de segurança no interior da casa da vítima

  • Policial teria agido após mulher desrespeitar medida protetiva contra o enteado dele

Um delegado invadiu a residência de uma mulher e a ameaçou de morte na noite da última segunda-feira (28), em um condomínio na cidade de Cuiabá.

Uma câmera de segurança na casa da família registrou o momento em que o agente esteve no local ao lado de outros policiais disse que ia "estourar a cabeça" da mulher.

Identificado como Bruno França, o delegado teria agido depois de a mulher de 41 anos supostamente descumprir uma medida protetiva contra o enteado dele, de 13.

O advogado da vítima, Rodrigo Pouso Miranda, porém, garantiu ao g1 que nem ele e nem a sua cliente tinham conhecimento da tal medida protetiva.

A Corregedoria da Polícia Civil, porém, confirmou a existência do documento. O advogado do delegado, Diógenes Curado, afirmou que a medida foi resultado de perseguições da mulher em locais públicos ao menor, inclusive com ameaças.

Registro por câmera

Nas imagens registradas pela câmera de segurança, Bruno França aparece arrombando a porta e entrando de supetão na casa da mulher, acompanhado de três agentes, ordenando que ela deite no chão.

Os policiais pedem que o delegado se acalme, mas os gritos continuam, assustando o filho de 4 anos da vítima, que chora ininterruptamente.

Após diversos xingamentos à mulher, Bruno profere a ameaça: "A próxima vez que ela chegar perto do meu filho, vou estourar a cabeça dela".

A Corregedoria da Polícia confirmou que tomou conhecimento do caso e está apurando o ocorrido.