Delegado bolsonarista da PF é alvo de ação da própria corporação por vazamento de informações, no Pará

·1 minuto de leitura

RIO — O delegado da Polícia Federal bolsonarista Everaldo Eguchi é alvo de uma operação da Polícia Federal que acontece nesta quarta-feira, em Belém, no Pará. Agentes estão fazendo buscas na casa dele, no bairro Sacramenta, afrma o "Diário On-line". O servidor é suspeito de vazar informações sobre a operação Migrador, ocorrida em Marabá, em 2018.

Segundo a PF, além de Eguchi, seis empresários também estão na mira das equipes, que visam a cumprir oito mandados de busca e apreensão. O grupo é suspeito de ligação com a exploração ilegal de manganês no sudeste do Pará.

Mais informações em instantes...

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos