DEM acredita que cerca de 30 filiados mudarão para outros partidos se fusão com PSL ocorrer

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASILIA, DF,  BRASIL,  08-03-2018, Salvador-BA, Antonio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto), (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASILIA, DF, BRASIL, 08-03-2018, Salvador-BA, Antonio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto), (Foto: Pedro Ladeira/Folhapress)

SÃO PAULO,SP (FOLHAPRESS) - Nas contas do DEM, ao menos 30 filiados do partido devem migrar para outras siglas se a fusão com o PSL de fato acontecer.

A executiva nacional da legenda presidida por ACM Neto decidiu na terça-feira (21) dar seguimento ao processo de união. O próximo passo é aprovar o movimento em convenção nacional. A expectativa é que o encontro ocorra no mês de novembro.

O PSL deve reunir a própria executiva para deliberar o assunto nas próximas semanas.

Essa possível união tem sido anunciada como o surgimento de um superpartido de direita, devido aos recursos financeiros e a quantidade de políticos que pretende abrigar.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos