DEM desembarca do bloco de Baleia Rossi na véspera da eleição à presidência da Câmara

Julia Lindner e Bruno Góes
·1 minuto de leitura
Foto: Pablo Jacob/ Agência O Globo 06-01-2021

A um dia da eleição, o DEM, partido do atual presidente da Câmara, Rodrigo Maia (RJ), decidiu abandonar o bloco do candidato apoiado por ele, deputado Baleia Rossi (MDB-SP), na disputa pelo comando da Casa. Em nota, a sigla anunciou que vai liberar a bancada na votação.

"Em reunião realizada neste domingo (31), a Executiva Nacional do Democratas decidiu assumir postura de independência no processo de eleição da Mesa Diretora da Câmara, sem a formalização de apoio a nenhum dos blocos", disse a sigla no texto.

Ainda de acordo com a nota, a definição foi tomada "pela unanimidade dos membros da Executiva, visando a preservação da unidade partidária".

Ao GLOBO, o líder da bancada, Efraim Filho (PB), afirmou que ele e pelo presidente da sigla, ACM Neto, fizeram uma avaliação de cenário na qual os dois concluíram que a independência seria o melhor encaminhamento neste momento.

Procurado, Maia avaliou que a decisão não interfere na candidatura de Baleia porque "os votos já estavam cristalizados".

- Prevaleceu a posição histórica de um partido de direita. Trabalhamos pra trazê-lo caminho de centro mas a natureza de direita prevaleceu - reagiu Maia.