Demanda por 5G impulsiona novos assinantes pós-pagos da AT&T no 4° tri

·1 minuto de leitura
Logo da AT&T em edifício em Los Angeles, EUA

(Reuters) - A AT&T adicionou mais assinantes pós-pagos do que o esperado durante o quarto trimestre, disse a empresa nesta quarta-feira, com a alta apoiada por um aumento na demanda por serviços 5G em meio ao crescimento do trabalho remoto por causa da pandemia de Covid-19.

A empresa norte-americana reportou prejuízo líquido de 13,88 bilhões de dólares, ou 1,95 dólar por ação no quarto trimestre de 2020.

Excluindo itens, a AT&T teve lucro de 0,75 dólar por ação, superando as estimativas dos analistas de 0,73 dólar, de acordo com dados da Refinitiv.

A AT&T disse que adicionou 800.000 novos assinantes líquidos de serviços pós-pagos de telefonia durante o trimestre. Os analistas esperavam que ela adicionasse 475.300 clientes, de acordo com a empresa de pesquisas FactSet.

A companhia também relatou que tem nos EUA 41,5 milhões de assinantes do canal de TV HBO e do serviço de streaming HBO Max no quarto trimestre, ante 38 milhões no trimestre anterior.

A receita operacional total foi de 45,69 bilhões de dólares, superando as estimativas de analistas de 44,56 bilhões, de acordo com dados da Refinitiv.

(Por Sheila Dang e Eva Mathews em Bengaluru)