Demanda por teste rápido de Covid movimenta farmácia em véspera de festa

·1 min de leitura
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 01.09.2021 - Evento Smartcitie no shopping Frei Caneca, em São Paulo, onde todos os participantes, imprensa e autoridades são obrigados a apresentar o passaporte de vacina contra a Covid-19 além de realizar um teste rápido. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress, AGORA SP) ORG XMIT: AGEN2109011427729882
*** FOTO DE ARQUIVO *** SÃO PAULO, SP, 01.09.2021 - Evento Smartcitie no shopping Frei Caneca, em São Paulo, onde todos os participantes, imprensa e autoridades são obrigados a apresentar o passaporte de vacina contra a Covid-19 além de realizar um teste rápido. (Foto: Danilo Verpa/Folhapress, AGORA SP) ORG XMIT: AGEN2109011427729882

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Como aconteceu no primeiro ano da pandemia, em 2020, a demanda por testes rápidos de Covid em farmácias cresceu às vésperas das festas de Natal e Ano Novo. Além dos consumidores preocupados em saber se não estavam contaminados antes de participar dos eventos, desta vez, a variante ômicron e o surto de gripe podem ter impulsionado o movimento.

De acordo com as farmácias, não chegou a faltar teste, mas as agendas ficaram bastante cheias nas unidades da rede Raia Drogasil. Para conseguir um horário disponível, a empresa recomenda que o cliente consulte seus sites e aplicativos. Nas drogarias São Paulo e Pacheco também é preciso agendar horário para fazer o teste.

De acordo com o monitoramento da Abrafarma (associação do varejo farmacêutico), na semana de 13 a 19 de dezembro, foram 138 mil atendimentos, alta de 9% em relação à semana anterior. Na comparação com novembro, o aumento foi de 44%.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos