Demanda por veículo elétrico supera a oferta e Ford paralisa pedidos

Modelo elétrico da Ford, Mustang Mach-E, teve pedidos paralisados nos Estados Unidos devido à alta demanda (Christopher Furlong/Getty Images)
Modelo elétrico da Ford, Mustang Mach-E, teve pedidos paralisados nos Estados Unidos devido à alta demanda (Christopher Furlong/Getty Images)
  • Busca por carros elétricos aumenta ao redor do mundo;

  • Empresa alegou "demanda sem precedentes";

  • No primeiro trimestre já foram vendidos 6.734 unidades do veículo nos Estados Unidos.

No início do mês a Ford anunciou um investimento no seu departamento de veículos elétricos e, pelo visto, a empresa não errou em dedicar mais recursos ao setor. O número de pedidos pelo seu modelo Mustang Mach-E 2022 cresceu tanto neste ano que a empresa teve de interromper as vendas para ter tempo de produzir e entregar os carros.

“Por causa da demanda sem precedentes, os bancos de pedidos de varejo estão fechados para o MY22 (ano do modelo 2022) nos Estados Unidos”, disse Emma Bergg, porta-voz da Ford, ao Detroit Free Press.

A busca pelo veículo teria superado as expectativas da empresa, que não informou os motivos pelos quais não está sendo capaz de arcar com a demanda. Porém, consumidores e especialistas no setor estimam que a demanda possa ter subido em decorrência de vários fatores, como problemas na cadeia de produção causados pela escassez de semicondutores.

Neste primeiro trimestre já foram vendidas 6.734 unidades do Mustang Mach-E nos Estados Unidos. Em comparação ao ano passado, foram comercializadas 27.140 unidades nos EUA e 15.602 na Europa. Ou seja, a princípio não houve aumento de demanda no país.

Entretanto, a fábrica responsável pela fabricação do modelo entregue nos Estados Unidos, localizada em Cuautitlán Izcalli, no México, é também responsável pela fabricação para os mercados globais, como a China, onde existe uma demanda muito forte por carros elétricos.

Consumidores interessados em adquirir o modelo deverão esperar o modelo 2023, ou procurar alguma revendedora em unidades remanescentes. “Continuaremos a comercializar o número limitado de unidades restantes no estoque do revendedor. Assim que estiver disponível, comunicaremos os detalhes sobre o pedido para o MY23 (modelo 2023)”, afirmou Bergg à publicação americana.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos