Demi Lovato acorda após ser internada por suspeita de overdose, diz mídia

Cantora Demi Lovato durante evento em Los Angeles, Califórnia 19/11/2017 REUTERS/Danny Moloshok
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

LOS ANGELES (Reuters) - A cantora norte-americana Demi Lovato, que já falou abertamente sobre seu histórico de abuso de drogas e álcool no passado, acordou após ser levada a um hospital de Los Angeles na terça-feira por uma suspeita de overdose, relatou a mídia norte-americana. "Demi está acordada e com sua família, que quer expressar agradecimento a todos pelo amor, orações e apoio", disse um representante da cantora à revista de entretenimento Variety em comunicado. Representantes de Demi não responderam de imediato a pedidos da Reuters por comentário. Demi, de 25 anos, que já foi indicada ao Grammy, está "bem e estável", disse a revista People, citando uma fonte não identificada. O site TMZ, citando fontes policiais, relatou que Demi foi encontrada inconsciente em sua casa e tratada com Narcan, um tratamento de emergência para suspeita de overdoses de opiáceos e drogas. A polícia de Los Angeles informou ter respondido a um chamado de emergência médica nesta terça-feira envolvendo uma mulher na rua de Hollywood Hills onde Lovato teria uma casa, mas se negou a identificar a pessoa. No mês passado, Demi lançou a música "Sober", na qual canta: "Mamãe, sinto muito, não estou mais sóbria; E papai, por favor me perdoe pelas bebidas derramadas no chão; Para aqueles que nunca me deixaram, nós já passamos por essa estrada antes; Sinto muito, não estou mais sóbria".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos