'A democracia é maior que o ego de qualquer um', diz Michelle Obama

·1 minuto de leitura
***ARQUIVO***BRASÍLIA: Ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)
***ARQUIVO***BRASÍLIA: Ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama. (Foto: Sergio Lima/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A ex-primeira-dama dos Estados Unidos Michelle Obama disse em uma publicação no Instagram que "a democracia é maior que o ego de qualquer um", em referência indireta ao presidente Donald Trump.

Ao falar sobre sua experiência na transição de poder com dois governos republicanos —a gestão George W. Bush (2001-2009), que precedeu Obama, e a gestão Trump (2017-2021), que o sucedeu—, ela comentou que "a Presidência não pertence a um indíviduo ou a um partido".

"Fingir que ela pertence", continuou, "dar margem para essas teorias da conspiração sem lastro, é por a saúde e a segurança do nosso país em perigo. Isto não é um jogo." Ela pediu a seus seguidores para "honrar o processo eleitoral" e "estimular uma transição de poder suave".

Até o momento, o governo Trump não tomou ações para fazer a transição junto à equipe de Joe Biden. Dois dias após a vitória do democrata, o governo bloqueou o acesso da equipe do democrata a dados e recursos para iniciar o processo, feito de forma independente até agora.

Nesta segunda-feira (16), no entanto, o assessor de Segurança Nacional de Trump disse que a vitória de Biden "obviamente parece ser o caso" e que faria "uma transição muito profissional no Conselho de Segurança Nacional" —sem, no entanto, estender a promessa ao resto do governo.