'Democracia em vertigem' na lista dos melhores do ano do New York Times

RIO - O documentário de Petra Costa, "Democracia em Vertigem", está entre os 10 melhores filmes do ano segundo o jornal "New York Times". O longa brasileiro, que revê a ascensão de Luiz Inácio Lula da Silva à presidência e o processo de impeachment de Dilma Rousseff, ficou na oitava posição, à frente de "Era uma vez em Hollywood", de Quentin Tarantino.

Intitulado "The edge of democracy" nos EUA, o documentário foi exibido em diversos festivais no país e foi adquirido pelo Netflix. "Ánálise cuidadosa dos eventos que levaram à eleição de Jair Bolsonaro, o presidente populista do Brasil, este documentário angustianteé o filme mais assustador do ano", justifica o jornal americano.

É o único filme brasileiro da lista, que tem a comédia "Honeyland", de Tamara Kotevska e Ljubomir Stefanov, na primeira posição. Outros filmes conhecidos são "Parasita", de Bong Joon Ho, em terceiro, e "O irlandês", de Martin Scorsese, em quarto.