Demolidas "torres gémeas" indianas

Os cerca de mil apartamentos nunca foram habitados, em nove anos de conflitos legais