Denúncia coletiva de racismo contra polícia francesa

Após quatro meses sem respostas do governo francês, um grupo de ONGs decidiu encaminhar ao mais alto tribunal administrativo do país uma denúncia contra a polícia francesa a quem acusa de 'racismo sistêmico'. Depois de reconhecer esses problemas, em 2020, o presidente Emmanuel Macron recuou da fala ao afirmar que tal discriminação 'não existe' na polícia do país.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos