Denúncia de corte de árvores próximo ao Peset leva fiscalização a Itaipu

·1 minuto de leitura

NITERÓI — Após denúncias de ambientalistas e do Conselho Comunitário da Região Oceânica de Niterói (Ccron) de que houve corte de árvores sem autorização em um terreno particular, em área limítrofe ao Parque Estadual da Serra da Tiririca (Peset), fiscais do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e da Coordenadoria Ambiental da Guarda Municipal estiveram no local. O Inea constatou que a área fica fora dos limites do parque. Mesmo assim, a prefeitura informa que não há qualquer licença para supressão de vegetação no local. Garante, contudo, que a Guarda Ambiental não encontrou qualquer irregularidade, só trabalho de limpeza da área.

O terreno é formado por um importante fragmento da transição entre Mata Atlântica, restinga e manguezal e fica junto ao Loteamento Boa Vista, na área que vai da Estrada Francisco da Cruz Nunes à Lagoa de Itaipu, entre a Rua Delfim e o Rio da Vala.

— Fomos alertados por moradores do entorno da Lagoa de Itaipu sobre a movimentação de funcionários de uma construtora fazendo limpeza de terreno e sondagem de área — diz Gonzalo Perez, diretor do Ccron.

Segundo a prefeitura, não há nenhum processo de licenciamento ou de autorização para supressão de vegetação para a área em análise pela Secretaria municipal de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade. A fiscalização feita pela Guarda Ambiental no local, no último dia 26, a pedido da pasta, “não constatou supressão irregular de vegetação, apenas limpeza do terreno” diz, em nota. A prefeitura afirma ainda que a secretaria continuará monitorando o local, com apoio da Guarda Municipal.

SIGA O GLOBO-BAIRROS NO TWITTER (OGlobo_Bairros)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos