Denúncia de Meghan Markle contra tablóide britânico é adiada

·1 minuto de leitura
A ex-atriz americana, de 39 anos, acusa a Associated Newspapers de violar sua privacidade através da publicação de trechos de uma carta destinada ao seu pai em agosto de 2018
A ex-atriz americana, de 39 anos, acusa a Associated Newspapers de violar sua privacidade através da publicação de trechos de uma carta destinada ao seu pai em agosto de 2018

A Justiça britânica adiou para o outono boreal de 2021 o processo contra o tablóide Daily Mail, atacado por Meghan Markle, a esposa do príncipe Harry, por invasão de privacidade. 

A ex-atriz americana, de 39 anos, acusa a Associated Newspapers - que edita o Mail Online, Daily Mail e sua versão dominical Mail on Sunday - de violar sua privacidade através da publicação de trechos de uma carta destinada ao seu pai, Thomas Markle, em agosto de 2018.

O julgamento estava previsto inicialmente para janeiro de 2021, mas os advogados da duquesa de Sussex exigiram nesta manhã em uma audiência fechada ao público na Alta Corte de Londres, adiar a data "para muito mais tarde no ano", por uma "razão confidencial". 

"A decisão correta é aceitar a solicitação de adiamento", disse em uma audiência pública o juiz Warby, encarregado do caso. "Isso significa que a data de 11 de janeiro está cancelada e que o julgamento será reprogramado para uma nova data no outono (boreal)" 2021, acrescentou. 

cdu/gmo/mba/mab/mb/aa