Denúncia de violações na Ucrânia como crimes de guerra no tapete vermelho de Cannes

Denúncia de violações na Ucrânia como crimes de guerra no tapete vermelho de Cannes

O tema da guerra na Ucrânia é incontornável no Festival de Cinema de Cannes - com a exibição de vários filmes de cineastas ucranianos.

Uma mulher despiu-se na passadeira vermelha para denunciar as violações como crimes de guerra levados a cabo por soldados russos. No peito nu: a bandeira ucraniana e as palavras "parem de nos violar".

O Presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, já tinha denunciado "centenas de casos de violação" em meados de abril nas zonas ocupadas pelo exército russo," incluindo raparigas menores de idade e crianças muito pequenas". O festival impediu a participação de russos com laços ao Kremlin.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos