"Chamar de melhor idade é hipocrisia", diz Denise Fraga sobre envelhecimento

Denise Fraga comentou sobre seus novos hábitos (Reprodução / Instagram)
Denise Fraga comentou sobre seus novos hábitos (Reprodução / Instagram)

Aos 57 anos, Denise Fraga não tem receio de falar sobre os questionamentos e mudanças vindas graças a idade. Com 34 anos de carreira, a artista, que possui uma relação muito próxima com a imagem, fala sobre o envelhecimento com muita sabedoria e naturalidade. No entanto, esse trabalho é constante e repleto de altos e baixos, como conta a mesma.

"Quando sonhamos, a imagem que temos de nos é a mais jovem, é da heroína jovem. Sou uma atriz que tenho tentado envelhecer sem procedimentos invasivos. Gosto de ter rugas, mas quando faço uma cena, e faço revisão dela, olho uma gravidade no meu rosto acontecendo”, contou a profissional em uma conversa com jornalistas promovida pela Eucerin.

Optando pela beleza natural, Denise conta que aceita seu rosto da maneira que é, contrariando alguns dermatologistas. “Todas às vezes que fiquei na frente de alguma ouvi que tinha que fazer um 'negocinho' nas olheiras. Eu tenho elas desde quando era criança, por isso, as pessoas achavam que eu estava chorando (risos). Era algo corriqueiro. Tenho cara de choro desde que tinha 5 anos. Tenho medo de fazer algo no rosto e não me reconhecer”, diz ela, ressaltando que isso não tem nada a ver com a idade.

“Eu acho que chamar de melhor idade é hipocrisia”, afirma atriz, que ressalta o que na sua opinião é pior na menopausa e no envelhecimento “O que é terrível é quando você saca que aquele creminho virou a sua completude e não o seu complemento. Como há um ressecamento da pele em geral, não tem como você tomar um banho e sair rápido de casa sem passar algo”, completa.

Altos e baixos

Denise comenta que nem tudo são flores, e que, assim como qualquer ser humano, precisa trabalhar sua autoestima e autoconhecimento. “Para isso, teria que ter uma religião, uma espécie de grupo, tipo um AA (alcoólatras anônimos), para a gente se reestabelecer nessa consciência de que esta tudo ok e tudo certo com nós mesmas, que estamos só envelhecendo”, desabafa.

Tenho cara de choro desde que tinha 5 anos. Tenho medo de fazer algo no rosto e não me reconhecerDenise Fraga

Nova rotina

Devido às mudanças, a atriz conversou consigo mesma quando fez 40 anos sobre a necessidade de fazer algo para a “conta não chegar”. “Pensei comigo que vou ter netos tardes, ou nem vou ter, mas gostaria de deitar no chão para brincar com essa criança. Na hora pensei: 'vai fazer exercício'”.

Ela revela que colocou o exercício físico em sua vida como uma regra. “Chato, mas quando acaba nunca vou ficar triste, a felicidade quando acaba compensa. Começa assim uma lei de compensação”, afirma.

Além do físico, Denise preparou um projeto de vida focando em sua alegria. “Criei uma roda de samba, porque toda festa eu dançava feito uma louca na pista, queria dançar tudo que não tinha dançado, até que pensei que não precisava esperar uma festa para dançar. Resolvi promover o samba uma vez por mês para mim e virou algo entre amigos, muito bom”, finaliza.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos