Denúncias do Bahia sobre arbitragem não devem anular Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·3 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Preisdente Guilherme Bellintani comemora gol do Bahia na Arena Fonte Nova. Foto: (Jhony Pinho/AGIF)
Preisdente Guilherme Bellintani comemora gol do Bahia na Arena Fonte Nova. Foto: (Jhony Pinho/AGIF)

O presidente do Bahia, Guilherme Bellintani, criticou fortemente a arbitragem da partida desta quinta-feira (11) contra o Flamengo no Maracanã. A partida foi marcada por um lance polêmico ainda no primeiro tempo. Aos 29 minutos, foi assinalado um pênalti de Conti após finalização de bicicleta de Diego Ribas. Segundo o árbitro Vinicius Gonçalves, que foi chamado pelo VAR para revisar o lance, a bola toca no braço do defensor do clube baiano.

A entrevista coletiva após a partida, concedida por Vitor Costa (confira abaixo), vice-presidente do Bahia, teve duras mensagens contra Leonardo Gaciba, então presidente da Comissão de Arbitragem da CBF (hoje, sexta-feira, a Confederação anunciou a saída dele).

Leia também:

Em entrevista à ESPN, Bellintani denunciou o descumprimento de obrigações determinadas na Lei Pelé. O mandatário do clube baiano afirma que a CBF e a Comissão de Arbitragem não realizaram sorteios e audiências ao vivo das arbitragens do Brasileirão de 2020, conforme a legislação exige. Mesmo com a denúncia, Bellintani disse que o clube, mesmo estando na zona de rebaixamento, não pedirá a anulação do torneio: "O Bahia descobriu isso, quando fez uma consulta sobre os critérios para a escolha da arbitragem, e descobri que havia pena de nulidade. Jamais pediríamos nulidade, mesmo o Bahia na zona de rebaixamento. Não fiz nenhuma denúncia porque senão diriam que o Bahia estava querendo virar a mesa na Justiça, ou qualquer coisa desse tipo. Mas pedi que a CBF corrigisse esse movimento. De fato foi corrigido, há hoje uma audiência pública no site da CBF, sem uma divulgação muito ampla, dizendo qual árbitro irá para cada jogo".

Um vídeo produzido pelo Bahia, e publicado pelo jornalista Elton Serra, cita a denúncia de descumprimento e outras falhas que teriam ocorrido contra o clube, como contra o Juventude e o São Paulo.

O Bahia ameaçou não retornar para o segundo tempo da partida contra o Flamengo, o que foi registrado na súmula por causa do atraso dos jogadores, mas disputou a etapa complementar do jogo.

Bellintani é crítico do trabalho de Leonardo Gaciba na Comissão de Arbitragem da CBF e considera que a saída do agora ex-presidente demorou a acontecer. A Federação Baiana de Futebol publicou nota oficial reafirmando apoio ao clube federado e criticando a arbitragem.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos