Deolane Bezerra é a favor da ressocialização de presos e protege Lula: "Defendo a lei"

·4 min de leitura
Delone Bezerra é advogada criminalista e militante de Luiz Inácio Lula da Silva (foto: reprodução / instagram)
Delone Bezerra é advogada criminalista e militante de Luiz Inácio Lula da Silva (foto: reprodução / instagram)

Resumo da Notícia:

  • Deolane Bezerra é militante do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva 

  • Advogada criminalista, ela é a favor da ressocialização de pessoas que entram no sistema carcerário 

  • Ela ainda contou que o investimento em pessoas sob o cuidado do Estado não são feitos

Deolane Bezerra está somando profissões ao seu currículo, mas sua formação é como advogada criminalista e ela sempre reforça que essa é sua paixão. Agora cantora e DJ, ela recentemente realizou a primeira edição do “Baile da Doutora”.

Em conversa com o podcast Papagaio Falante, de Sérgio Malandro e Luiz França, ela falou mais sobre a profissão que escolheu. “Gosto de advogar para bandido. (Quando dizem) ‘Ó, doutora. A casa caiu, fiz mesmo’, gosto disso. Digo que vamos tentar diminuir a pena, um regime de pena melhor. Quando me contam que fizeram o crime, mas não tem provas, respondo que vou pedir a absolvição”, avalia.

Ela ainda reafirma que seu trabalho é defender o cliente. “E as pessoas me criticam, questionam o fato de saber que a pessoa é culpada e que vou pedir a absolvição. Sinto muito, a lei é falha. Temos inúmeros incisos que falam de perdão por falta de provas. Foi a pessoa, mas se não tem provas...”, reflete.

Com o PodPah, do Igão e Mítico, ela falou sobre advogados que não defendem o tema. “Você estar advogando para o crime e não levantar a bandeira dos direitos iguais? Você considerar o seu cliente como criminoso? Ele pode ser, mas também tem direito à justiça.

E comentou sobre a ideia de pena jurídica. “Todo mundo pode se ressocializar. A origem da pena é para ressocializar o ser humano, a punição é para ele sair dali para ter um novo estilo de vida. Não temos prisão perpetua nem pena de morte no Brasil, então o fundamento da pena é ressocializar e isso é muito difícil com o sistema penitenciário que temos hoje no país”, crítica.

Deolane comentou que buscar uma nova vida após o cumprir pena é para os fortes. “Uma cela para oito pessoas tem 55 pessoas, comida azeda. Com 55 pessoas presas você vai conversar sobre o que? Sobre os novos métodos de praticar o crime. Não tem trabalho, não tem estrutura, não tem nada”, provoca.

E continua: “Há uns tempo saiu que um preso custava cerca de R$ 2.400 para o Estado. Onde? Produtos de higiene a família leva, um refrigerante, chocolate também. Levanto a bandeira que é desumano. O dinheiro que era para ser investido nessas pessoas, não é.”

A advogada ainda explicou que muitos clientes tentam se ocupar durante o cumprimento da pena. “Tenho clientes que pedem pelo amor de Deus para intervir com o diretor dos presídios um trabalho para eles. Hoje você trabalha 3 dias e diminui 1 de pena, mas não tem trabalho nem estudo. As pessoas imploram para ter trabalho para ocupar a cabeça e remir”, pontua.

Bezerra ainda questiona o uso dos impostos no sistema carcerário. “Se fossem gastos como deveria, se as pessoas tivessem acesso à saúde, se não precisassem fazer tudo por um filho doente. Não defendo bandido, defendo a lei. Muitas pessoas vão para o crime por não terem nenhuma oportunidade de vida”, ressalta.

Vídeo viral

Há alguns meses um vídeo dos stories da influenciadora viralizou nas redes sociais. Ela aparece com uma criança indicando uma loja de frutas e verduras e indica o perfil deles nas redes sociais para que os seguidores possam consumir dele.

“O pai do Miguel ficou preso por 10 anos e saiu há algum tempo. Ele não consegue emprego por conta da discriminação por alguém que já ficou recluso, então vamos ajudar. Os supermercados já estão ricos, vamos pedir deles”, diz a influenciadora.

Com a indicação, o perfil do Hortifruti conta com mais de 27 mil seguidores. “Obrigada Deolane Bezerra, gratidão por nos ouvir. Deus abençoe”, agradeceu a família que cuida da empresa.

Lula, sim!

Sem papas na língua, Deolane fala até de política. Ela não se declara nem esquerda, nem de direita, mas apoiadora do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. "Papai? Amo aquele veio demais! Nunca ganhei um real do Governo Lula. Sou Nordestina, ele é também. Tenho uma foto abraçadinha com ele. Foi antes dele se entregar lá no sindicato do ABC. No dia que o vi, parecia que estava vendo Jesus. Sou Nordestina, sou advogada.tenho meus ideias e vi tudo que aconteceu. Não era normal pobre comer picanha, ter um carro, andar de avião, ter um perfume importado, fazer medicina! Ele tirou muita gente da morte!", declarou.

Ela ainda falou sobre a eleição de 2018, que o país estava rachado. "Pra mim Bolsonaro ganhou por causa da facada, não vou mentir. Mas nem vou falar mais porque ele é perigoso. Nós perdemos muita amizade por conta da campanha de 2018. Entretanto ele é o presidente né, Jair Messias Bolsonaro (sem partido)", concluiu.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos