Deolane Bezerra se pronuncia após saída de "A Fazenda 14": "Carreguei nas costas"

Deolane Bezerra se pronuncia após saída de
Deolane Bezerra se pronuncia após saída de "A Fazenda 14": "Carreguei nas costas" (Foto: Reprodução/PlayPlus)

Horas após deixar "A Fazenda 14", Deolane Bezerra abriu uma live em suas redes sociais para conversar com os fãs sobre a sua saída. A advogada afirmou que carregou o reality show "nas costas" e desdenhou do prêmio de R$ 1,5 milhão, dizendo que o dinheiro não mudaria a sua vida.

"Estou aqui reunida com a minha família, meu bem maior, e tenham certeza de que, quando tudo se resolver, eu sou a primeira a vir aqui contar tudinho pra vocês. E tenham certeza, têm muitas coisas pra falar. Carreguei 'A Fazenda' nas costas. É pra ser soberba? Vou ser. É pra ser arrogante? Agora eu vou ser", começou.

"Carreguei nas costas. E não tenham dúvidas de que vocês vão saber de tudo, porque eu prefiro ser verdade do que ser dúvida", continuou. "Uma frase que eu escutei muito do André [Marinho, colega de confinamento] lá dentro da 'Fazenda' [é] que, com todos os meus defeitos, eu sou verdade e sempre serei verdade", continuou Deolane.

Ela seguiu debochando do valor do prêmio: "Eu sou mulher. Dinheiro não compra minha paz. Dinheiro não faz minha cabeça, porque se fosse por dinheiro, Deolane, você não teria entrado. Porque um prêmio de R$ 1,5 milhão, que eles confiscam imposto e colocam só um restinho e pode pagar em três vezes, não iria mudar minha vida, né, gente?", disse.

"Então, podem ter certeza que, quando tudo se resolver, eu volto aqui pra conversar com vocês. E se ficarem mil seguidores aqui, que fiquem os verdadeiros. Os falsos, eu prefiro que não. Minha vida nunca foi seguidores, nunca foi Instagram, e eu sempre vivi bem", concluiu.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Protestos para tirar Deolane do reality

Na noite de sábado (3), familiares e fãs de Deolane Bezerra foram até a sede de "A Fazenda 14", em Itapecerica da Serra, na Grande São Paulo, soltaram fogos de artifício e exigiram que a advogada fosse tirada do confinamento. Nas redes sociais, Dayanne Bezerra, irmã de Deolane, fez diversos stories em seu Instagram para explicar a situação: "Estamos aqui há uns 10 minutos na porta da 'Fazenda'. Viemos tirar a Deolane desse manicômio. Estamos aqui esperando alguém responsável vir", começou.

Acusando o reality de ser um "cárcere privado", ela continuou: "Estamos soltando fogos, sim, para chamar a atenção. Ninguém aparece e a gente quer que a Deolane saia já daqui." Segundo outra irmã de Deolane, Daniele, a mãe delas teria sido internada e a advogada não havia sido avisada até o momento:

"Hoje ela foi novamente. Nós pedimos que a avisassem e eles estão se negando a avisar a Deolane, sob o argumento de que não tem nenhum responsável, somente terceirizados. Eles têm o dever moral e contratual de avisar a Deolane", disse.

Na manhã deste domingo (4), ainda em frente à sede do programa, as irmãs de Deolane afirmaram que, caso a Record não libere a saída da participante - que não tem ideia do que está acontecendo -, elas acionarão a polícia contra a emissora e o reality show:

"Em conversa com a diretora da Tele Imagem (empresa terceirizada) e na presença de um policial militar, dentro da sede da 'Fazenda', firmamos um acordo. Caso não apareça nenhum responsável de 'A Fazenda' até às 10h da manhã do dia de hoje, iremores a diretora e eu, até a delegacia de polícia para tomar as medidas judiciais cabíveis", declarou.

A Record precisou colocar música alta na sede e cortar o sinal do PlayPlus, serviço de streaming da Record, após as irmãs instalarem um carro de som pedindo para que a advogada tocasse o sino em "A Fazenda 14", ato que sinaliza o desejo de desistir do reality.