Departamento de Transportes do Reino Unido nega avaliar vistos temporários à UE para alívio em aeroportos

(Reuters) - O Departamento de Transportes do Reino Unido negou neste sábado uma reportagem segundo a qual o governo considerava emitir vistos temporários para trabalhadores da União Europeia para aliviar uma crise de pessoal nos aeroportos.

O jornal The Telegraph noticiou neste sábado que o ministro britânico dos Transportes, Grant Shapps, avalia a emissão de vistos temporários a trabalhadores da União Europeia na intenção de aliviar a crise de pessoal nos aeroportos.

"Isso é totalmente falso", disse um porta-voz do ministério.

Os planos para conceder vistos temporários a carregadores de bagagem e funcionários do check-in, semelhantes aos concedidos a catadores de frutas, músicos e figuras religiosas, estariam sob discussão, segundo a reportagem.

Na semana passada, aeroportos de toda a Europa enfrentaram dificuldades para lidar com a recuperação da demanda, em particular os aeroportos britânicos, uma vez que as férias escolares de meio período coincidiram com o fim de semana do feriado do Jubileu de Platina.

O Reino Unido deixou a União Europeia em janeiro de 2020.

(Reportagem de Shivam Patel e Mrinmay Dey em Bengaluru)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos