Depois de 'Babenco', Bárbara Paz quer fazer filme autobiográfico: 'Muitas coisas pra contar'

Extra
·1 minuto de leitura

Bárbara Paz está na corrida pela indicação ao Oscar 2021 em Melhor Filme Estrangeiro por "Babenco: alguém tem que ouvir o coração e dizer". E não deixa de acreditar que trazer a estatueta dourada para o Brasil é algo possível.

"A gente tem que sonhar e acreditar, ser utópico. Senão, não faz o sonho acontecer. É preciso torná-lo possível. Para mim, ganhar o Festival de Veneza (com o prêmio de melhor documentário) já tinha sido o ápice, incrível, maravilhoso e único", disse em entrevista à "Harper's Bazaar".

A atriz tomou gosto pela experiência atrás das câmeras e faz novos projetos. Um deles é um filme de ficção baseado em sua própria vida.

"Tenho muitas coisas para contar. Boa parte da infância e adolescência. Eu mesma quero fazer", explicou.

Mas nem por isso vai se afastar da TV. A gaúcha, de Campo Bom, está escalada para "Além da ilusão", novela das 18h da Rede Globo, prevista para substituir "Nos tempos do imperador".