Depois da Espanha, França deve atingir temperaturas recordes antes do verão

Temperaturas entre 35 e 40°C estão previstas a partir desta quarta-feira (14) na França, "um recorde de antecipação nas temperaturas elevadas" antes do verão no hemisfério norte, de acordo com uma previsão dos especialistas do instituto nacional do clima na França, a Météo France. O calor já está sendo sentido no sul da França e na Espanha. A onda de calor devem chegar a toda a França entre quarta-feira e sábado (18).

A onda de calor é devida a uma grande nuvem de ar quente do norte da África e espera-se que dure até 15 de junho, de acordo com a AEMET, a agência estatal de Metereologia da Espanha, reporta o jornal francês Le Parisien, mencionando o mais intenso fenômeno do tipo dos últimos 20 anos.

Para o site France info, trata-se de "um recorde de precocidade", segundo Patrick Galois, especialista em previsões do Météo France, entrevistado pelo veículo. Os picos anteriores, que datam de 2005 e 2017, haviam sido registrados a partir de 18 de junho, ou seja mais perto da data oficial do começo do verão no hemisfério norte, 21 de junho.

A multiplicação e intensificação das ondas de calor são as manifestações mais óbvias do aquecimento global causado pelas atividades humanas, segundo Galois. "Em geral, esses períodos de calor ocorrem em julho e agosto [no pico do verão]. Eles são muito mais raros em junho e, quando acontecem, ocorrem na última semana do mês", recorda.


Leia mais

Leia também:
“Eu bebo mais de 5 litros de água por dia”: Índia vive pior onda de calor dos últimos 50 anos
Falta de chuvas e calor preocupam agricultores franceses que temem seca
Espanha enfrenta forte onda de calor, com temperaturas superiores aos 40°C

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos