Depois de fracasso no Reino Unido, chef celebridade Jamie Oliver planeja abrir 20 restaurantes no exterior

O Globo, com agências internacionais

LONDRES - Seis meses após ter visto seu império de restaurantes ir à bancarrota no Reino Unido, o chef celebridade Jamie Oliver anunciou planos de expandir seus negócios no exterior.

Em maio, as três redes de restaurantes de Oliver no Reino Unido - Jamie's Italian, Barbecoa e Fifteen - pediram recuperação judicial, mecanismo usado para se proteger de credores e evitar a falência.

Agora, Oliver reforça a aposta em seus negócios no exterior. Segundo reportagem do jornal britânico The Guardian, a marca Jamie's Italian no sudeste asiático - com dois restaurantes, um em Bali e outro em Bangcoc - terá novo formato e ganhará o nome Jamie Oliver Kitchen.

O foco serão refeições de valor médio, com serviço ao longo de todo o dia. Sai o cardápio italiano e entra um menu baseado na culinária local.

Além disso, Oliver planeja abrir 19 novos restaurantes no exterior até 2020. Atualmente, a rede conta com 70 lojas em 27 países, com marcas como Jamie's Italian, Jamie Oliver's Pizzeria, Jamie's Deli e Jamie Oliver's Diner.

O chef, famoso por seus programas de TV e livros de receitas, viu sua rede fracassar no Reino Unido, devido à crise dos restaurantes locais, com a mudança nos hábitos dos consumidores e um aumento na inflação local.

Ao todo, 25 restaurantes da cadeia foram fechados no Reino Unido este ano. Apesar do fechamento de restaurantes de sua rede, ele faturou R$ 26,6 milhões em 2018.