Depois de gasolina, Petrobras vai reduzir preço de combustíveis para aviação em agosto

Depois da gasolina, a Petrobras anunciou na tarde desta quinta-feira mais reduções. Agora, a estatal informou queda nos preços médios de venda de Querosene de Aviação e asfalto para as distribuidoras.

De acordo com a estatal, o QAV de aviação terá redução média de 2,6%. Haverá ainda retração de 5,7% nos preços médios de Gasolina de Aviação (GAV) e de 4,5% nos preços médios do asfalto para as distribuidoras.

Segundo a estatal, conforme prática que remonta os últimos 20 anos, os ajustes de preços de QAV são mensais e definidos por meio de fórmula contratual negociada com as distribuidoras. O mesmo acontece com a GAV, desde 2016.

A Petrobras disse que comercializa o QAV e a GAV produzidos em suas refinarias ou importados apenas para as distribuidoras. "As distribuidoras, por sua vez, transportam e comercializam o produto para as empresas de transporte aéreo e outros consumidores finais nos aeroportos, ou para os revendedores. Distribuidoras e revendedores são os responsáveis pelas instalações nos aeroportos e pelos serviços de abastecimento", disse a companhia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos