Depois de Renato Aragão, José Loreto é mais um artista a deixar a Globo

O último trabalho de Loreto na Globo foi na série 'Carcereiros' (2019) (Foto: Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ator José Loreto, 36, é mais um artista que não teve o seu contrato renovado com a Globo. O último trabalho dele na emissora foi uma participação na série ‘Carcereiros’, de 2019.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Segundo o Departamento de Comunicação da Globo, Loreto deixa de fazer parte do elenco fixo, mas pode voltar a trabalhar na emissora com contrato por obras fixas. O primeiro trabalho dele no canal foi em 2005, quando fez o personagem Marcão em ‘Malhação’.

Leia também

“Como todos sabem, nos últimos anos, temos tomado uma série de iniciativas para preparar a empresa para os desafios do futuro. Com isso, temos evoluído nos nossos modelos de gestão, de criação, de produção, de desenvolvimento de negócios e também de gestão de talentos. Assim, em sintonia com as transformações pelas quais passa nosso mercado, a Globo vem adotando novas dinâmicas de parceria com seus talentos. José Loreto, assim como outros talentos, tem abertas as portas da empresa para atuar em futuros projetos em nossas múltiplas plataformas”, informa a Globo em nota.

Em 2019, quando interpretava o personagem Júnior em ‘O Sétimo Guardião’, Loreto se viu no centro de uma grande polêmica. Na época, após ele e Débora Nascimento anunciarem o fim do casamento, surgiram muitas especulações sobre o que teria motivado o término do casal. O divórcio levantou suspeitas de traição de Loreto, o que foi alimentado quando algumas famosas pararam de seguir Marina Ruy Barbosa nas redes sociais. A atriz, que vivia par romântico de Loreto na novela, negou qualquer envolvimento com o colega.

O Grupo Globo tem trabalhando com um novo modelo de gestão de negócios desde o final de 2018, o que inclui a reformulação e o enxugamento do quadro de profissionais. O casting de artistas começou a ser atingido nos últimos meses e já levou à dispensa de Vera Fischer, 68, Miguel Falabella, 63, e José de Abreu, 74.

Além de Loreto, na manhã desta terça-feira (30), Renato Aragão anunciou que deixou a Globo após 44 anos na casa. "Sao novos tempos, novos parceiros, novos projetos e novos desafios. Minha grande parceira durante esses anos foi a Rede Globo, que me acostumei a chamar de minha casa. Mas há esses novos tempos e políticas internas de contratação, vamos iniciar uma nova fase e trabalhos pontuais", disse o humorista.