Depois de Ronaldo comprar Cruzeiro, CEO da XP diz que 'Botafogo será o próximo'

·1 min de leitura

Ao anunciar a compra de 90% das ações de sua SAF por Ronaldo Fenômeno, o Cruzeiro se tornou o primeiro clube do Brasil a ser adquirido por um investidor desde a sanção da lei do clube-empresa, em agosto. Mas não deve ficar sozinho neste time por muito tempo. Muito em breve ele deve ganhar a companhia do Botafogo.

Segundo o CEO do Banco XP, José Berenguer, o clube carioca será o próximo a anunciar a entrada de um investidor. Assim como no caso do Cruzeiro, o Botafogo também já aprovou a alteração no estatuto que permite a criação de uma SAF e a transferência do futebol para ela. E o processo alvinegro também é assessorado pela empresa de investimentos.

"Não tenho dúvida de que começamos hoje a transformar a história do futebol nacional. O Cruzeiro é só o primeiro. Muitas outras negociações semelhantes envolvendo os clubes brasileiros estão por vir. O Botafogo será o próximo, também assessorado pelo nosso Investment Banking", disse Berenguer em uma rede social.

A lei que regulamenta este modelo no Brasil foi sancionada em agosto pelo presidente Jair Bolsonaro. Ela permite às agremiações transferir o futebol para sociedades anônimas, que nascem zeradas de dívidas e podem ter suas ações vendidas. No entanto, 20% das receitas das SAFs são direcionadas para o pagamento do que os clubes devem.

A adesão ao modelo permite ainda às associações tradicionais entrarem num plano que facilita a quitação de seus passivos. É o Regime Centralizado de Execuções, que agrupa e ordena o pagamento de dívidas trabalhistas e cíveis em um período entre seis e dez anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos