Depp x Amber: por que ator vai receber US$ 8 milhões da ex-mulher mas terá de pagar US$ 2 milhões à ela

A leitura do veredito na tarde desta quarta-feira encerrou uma longa batalha judicial entre os atores Johnny Depp e Amber Heard. Após o midiático julgamento, os dois saíram ao mesmo tempo como vencedores e derrotados. Amber foi considerada culpada por difamar o ex-marido, mas Depp também terá de indenizá-la por uma declaração de seu advogado, que foi considerada difamatória. Entenda:

Johnny Depp X Amber Heard: em seu fim, julgamento foi espetáculo perverso de misoginia

Amber e Depp entraram com processos um contra o outro por difamação, cada um alegando que foi abusado primeiro durante seu breve casamento, com duração de 15 meses.

O caso surgiu a partir de um artigo de opinião de dezembro de 2018 que Heard escreveu no "Washington Post". O texto não menciona Depp pelo nome, mas seu advogado disse ao tribunal que estava claro que Heard estava se referindo a ele e que isso afetou negativamente sua vida profissional.

Johnny Depp x Amber Heard: veredito considera os dois atores culpados e ambos vão pagar indenização

No artigo, Amber referia-se a si mesma como uma "figura pública que representa o abuso doméstico" e disse que testemunhou "como as instituições protegem os homens acusados de abuso".

Depp fez três acusações por difamação por causa do artigo e pediu indenização de US$ 100 milhões. O júri considerou que Amber não conseguiu comprovar que o ex-marido tinha feito o que constava no texto publicado. Por unanimidade, os jurados consideraram a atriz culpada e estabeleceram indenização a Depp em US$ 15 milhões. Mas esse valor teve redução.

Batalha judicial: Amber Heard se diz de ‘coração partido’ após veredito favorável a Johnny Depp

A decisão dos jurados dividiu a indenização em US$ 10 milhões como medidas compensatórias por difamar Depp e mais US$ 5 milhões como medidas punitivas. Este último valor foi reduzido, ao final da leitura do veredito, pela juíza Penney Azcarate. Seguindo o teto máximo para indenizações de caráter punitivo no estado, o valor caiu para US$ 350 mil.

Além disso, Depp também foi condenado em US$ 2 milhões por difamar Amber Heard. Dessa forma, o valor de US$ 15 milhões que a atriz pagaria se viu reduzido a US$ 8,35 milhões.

Amber processou Depp em US$ 100 milhões, dizendo que o ex-marido a difamou quando Adam Waldman, seu ex-advogado, considerou sua acusação uma "mentira". Waldman chamou as alegações de “uma farsa de abuso” com o objetivo de capitalizar o movimento #MeToo.

A equipe de advogados de Amber argumentou que ela disse a verdade, tendo ainda sua opinião protegida pela liberdade de expressão garantida pela Primeira Emenda da Constituição dos EUA.

Em relação ao processo de Amber contra Depp, o ator foi considerado culpado em uma das três acusações. Com a decisão judicial, o astro de "Piratas do Caribe" terá de pagar US $ 2 milhões (equivalente a R$ 9,5 milhões) em danos para a ex-mulher.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos