Deputada pede busca e apreensão na sede do PSDB nacional

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A deputada federal Paula Belmonte (Cidadania-DF) pediu ao STF (Supremo Tribunal Federal) que determine uma operação de busca e apreensão na sede do PSDB nacional, para que forneça a ata de reunião que decidiu pela candidatura ao governo do Distrito Federal do senador Izalci Lucas (PSDB).

Em 26 de julho, a Executiva Nacional da federação formada por PSDB e Cidadania aprovou a candidatura de Izalci, frustrando o desejo da deputada, que nutria planos de se lançar para o governo, ou dar apoio a José Antônio Reguffe (União Brasil).

Na ação, Belmonte afirma que pediu diversas vezes a ata, mas não obteve resposta até o momento.

"O abuso se mede pelo fato de a autoridade coatora [PSDB] se furtar dos deveres de lealdade e transparência exigidos, consistente no fornecimento de documentação aos seus filiados, que a rigor deveria ser pública", afirma a peça.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos