Deputado bolsonarista sai em defesa de Piquet após fala racista contra Hamilton: 'Hélio não é neguinho, é negão'

Após repercussão do comentário racista feito pelo ex-piloto Nelson Piquet sobre o heptacampeão de Fórmula 1 Lewis Hamilton, o deputado federal Hélio Lopes (PL-RJ) compartilhou, nesta quarta-feira, um vídeo ao lado do corretor de imóveis que se dizia sobrinho de Piquet, Cristiano, em apoio ao ex-piloto. Nos stories do Instagram, Hélio ironizou os comentários que teria recebido e falou que Nelson jamais se referiria a ele como "neguinho". O vídeo foi compartilhado também pelo filho do presidente, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PL-SP).

O brasileiro gerou uma onda de críticas no mundo do automobilismo após a fala em que usou o termo racista "neguinho" para falar de Lewis Hamilton. A polêmica aconteceu no ano passado, mas veio à tona nesta semana.

Após a repercussão, ele se desculpou pelo o ocorrido. "O termo usado foi como sinônimo de "cara" ou "pessoa", e nunca teve a intenção de ofender", disse em nota.

Declaradamente bolsonarista, Nelson Piquet já manifestou apoio ao presidente em várias ocasiões. Em sete de setembro do ano passado, Bolsonaro chegou a uma manifestação pró-governo conduzido pelo ex-piloto.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos