Deputado Fernando Cury é filmado apalpando seio de deputada Isa Penna na Alesp

Guilherme Caetano
·1 minuto de leitura
Divulgação/ Alesp

SÃO PAULO — A deputada estadual Isa Penna (PSOL) denunciou o colega Fernando Cury (Cidadania) por importunação sexual e quebra de decoro ao Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp). Durante a sessão plenária, na última quarta-feira, Cury foi filmado apalpando o seio da parlamentar.

LEIA: Ciência pode perder R$ 454 milhões no orçamento de SP em 2021

A cena foi gravada em vídeo. Nas imagens é possível ver Isa Penna conversando com a Mesa Diretora, durante sessão para votar o orçamento do estado, quando Cury se aproxima e coloca a mão no seio e na cintura da deputada. Em seguida, ela afasta a mão do parlamentar, que insiste em tocá-la.

Na denúncia, a deputada afirma que "não deu consenso para a aproximação" e que o ato se trata de "nítido intuito libidinoso".

"Parece que o agressor desconhece e, por isso, faz-se necessário afirmar que o corpo de toda e qualquer pessoa é de seu estritlo controle e que, portanto, qualquer contato deve ser consentido expressamente. Ao fazer contato com as regiões de maior intimidade resta inquestionável o assédio sexual", diz o documento.

Isa Penna se pronunciou no plenário nesta quinta-feira e também nas redes sociais. No Twitter, ela escreveu que é "conhecida por atual em prol do combate à violência contra as mulheres" e que a "violência de gênero que sofreu na Alesp, infelizmente, não é um caso isolado".

Procurado pelo GLOBO, o deputado Cury não se pronunciou.