Deputado Filippe Poubel é acusado de agressão dentro de boate da qual é sócio em Cabo Frio

·2 min de leitura

RIO — O deputado estadual Filippe Poubel (PSL) foi acusado de agressão dentro da boate da qual é sócio em Cabo Frio, na Região dos Lagos. O engenheiro Carlos Eduardo Salvio registrou um boletim de ocorrência contra Poubel na 126ª DP neste sábado, dia 8. Ele também se manifestou sobre o caso por meio de suas redes sociais, afirmando ter chegado ao clube noturno por volta das 3h40, quando teria sido abordado pelo parlamentar, acompanhado de pelo menos dois seguranças, e então agredido.

— Entrei no estabelecimento, segundos depois, ele (Poubel) veio para cima de mim igual um maluco, falou que eu tinha feito um perfil fake para falar mal dele e do Capitão Diogo e do filho dele — contou Carlos Eduardo.

O Capitão Diogo mencionado pelo cliente da boate era o dono da Spartacus Consultoria, uma das empresas de investimentos em Cabo Frio que deixaram de pagar os prometidos lucros exorbitantes. A Spartacus garantia rendimento mensal de 14% mediante supostas transações com criptomoedas, a exemplo das dezenas de concorrentes que passaram a atuar na cidade, grande parte encerrando as atividades em 2021. Além da atuação como trader nas operações financeiras e do trabalho como militar, Diogo também é sócio — e amigo — de Poubel no comando da boate Buda Lounge Bar.

O parlamentar já negou ter qualquer tipo de envolvimento com a Spartacus e afirma que "não integra e jamais integrou qualquer sociedade envolvendo investimentos financeiros". Quando à acusação de agressão dentro da boate, Poubel ainda não se pronunciou. A reportagem o procurou por meio de e-mail, assim como por mensagem para seu perfil.

Carlos Eduardo, por sua vez, negou que tenha criado uma conta falsa em rede social para criticar o deputado.

"Quem me conhece sabe que quando quero falar eu falo e não preciso fazer fake pra falar de alguém", disse ele nos Stories do Instagram. "Agora eu quero ver se ele é homem de bancar o que ele fez. O frouxo precisou de dois seguranças pra me pegar na covardia e pelas costas".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos