Deputado pede que Braga Netto seja convocado para explicar uso de verba da Covid em picanha

·1 min de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) apresentará um requerimento de convocação do ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, para que ele explique o fato de a pasta ter usado recursos destinados ao enfrentamento da Covid-19 para compra de filé mignon e picanha, como revelou o jornal Folha de S.Paulo.

Em março deste ano, a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara chegou a convocar o militar após notícias de compras consideradas suspeitas de 700 toneladas de picanha e 80 mil litros de cerveja feitas pelas Forças Armadas.

À época, porém, o presidente da Casa, Arthur Lira (PP-AL), acolheu recurso do líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), e anulou a convocação.

Elias Vaz, que já havia tomado a iniciativa de chamar o ministro para se explicar no início do ano, acredita que desta vez poderá ter sucesso. "São muito graves os fatos que surgiram", diz.

Reportagem da Folha de S.Paulo mostrou que, segundo informações do levantamento sigiloso feito pela Selog (Secretaria de Controle Externo de Aquisições Logísticas), foram usados R$ 535 mil em itens considerados de luxo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos