Deputado que hostilizou a jornalista Vera Magalhães, Douglas Garcia não se elege

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 13.09.2022 - O deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos-SP). (Foto: Ronny Santos/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 13.09.2022 - O deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos-SP). (Foto: Ronny Santos/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos), que agrediu verbalmente a jornalista Vera Magalhães em setembro, não conseguiu se eleger deputado federal por São Paulo nas eleições deste domingo (2). Ele teve 24.549 votos, o que não foi suficiente para a vaga.

Garcia se sentou ao lado da jornalista no debate com os candidatos ao governo

de São Paulo e, gravando com um celular, perguntou se ela recebeu dinheiro para falar mal do governo Jair Bolsonaro (PL). Repetindo um ataque feito pelo presidente durante debate entre candidatos ao Planalto no mês passado, disse que ela é "uma vergonha para o jornalismo".

O deputado integrava a comitiva do candidato ao governo Tarcísio de Freitas (Republicanos) na ocasião e teve que ser contido por seguranças ao final do debate. Após o ataque, o Ministério Público Eleitoral denunciou Garcia ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo sob acusação de difamação.