Deputado quer obrigar rádios públicas a tocarem música religiosa

Wikimedia Commons

O deputado federal Pastor Franklin (PP-MG) quer obrigar rádios públicas a tocarem músicas religiosas nacionais na programação diária.

O projeto de lei, apresentado por ele no mês passado, prevê multa diária para a emissora e, em caso de reincidência, suspensão da concessão por até 30 dias, caso seja aprovado pela Câmara.

O parlamentar argumenta que a Constituição prevê que os programas das emissoras de rádio e TV devem visar a promoção da cultura nacional, estimular a produção independente e precisam respeitar aos valores éticos e sociais da pessoa e da família.

“Atualmente as rádios Públicas ignoram as músicas religiosas, passando somente as músicas mais populares em suas programações, deixando assim de contemplar aquelas pessoas religiosas, que não se sentem bem ouvindo outros tipos de músicas”, diz o deputado na justificativa do Projeto de Lei.

“Tal medida visa beneficiar aquelas pessoas que desejam ouvir uma programação, jornais ou informações do governo nas rádios, mas acabam não ouvindo devido as rádios tocarem somente músicas populares, deixando assim as pessoas religiosas sem motivação ou sem jeito para acompanhar aquela programação”, alega ele.