Dermatologista alerta para o aumento da acne durante a quarentena

A acne pode ser angustiante e irritantemente persistente. Suas lesões cicatrizam lentamente e, muitas vezes, quando começam a melhorar, outras parecem surgir. Segundo o dermatologista Guilherme Modesto, durante esse período de isolamento devido a pandemia do covid-19, mesmo sem poder ir às clínicas estéticas, há cuidados simples que podem fazer toda a diferença no dia a dia.

O Modesto chama atenção que em alguns casos pode demandar tratamento oral onde pode ser iniciado no período da quarentena. As manchas associadas à acne podem ser tratadas com procedimentos em consultório e cremes em casa.

E por qual motivo a acne está piorando?

1- Alimentos de alto índice glicêmico como doces e açúcares que estimulam a produção de sebo;

2- Falta de rotina com o rosto - limpar e hidratar a pele;

3- Estresse e ansiedade de ficar em casa - que estimulam a produção de sebo e inflamação;

4- A falta de alimentos saudáveis e naturais como vegetais, frutas e legumes ;

5- A falta de hidratação ;

O que podemos fazer para melhorar ?

1- Lave o rosto pela manhã, no almoço e à noite;

2- Após lavagem, passe uma água micelar ou qualquer outro produto que complemente a limpeza com algodão - também pode ser um demaquilante;

3- Aplique o hidratante facial de rotina;

4- Aplique uma vitamina C indicada para a tua pele;

5- Beba ao menos 2,5 L de água por dia;

6- Se alimente melhor ;

7- Medita e pratique exercícios físicos;

8- Máscara facial com 30 mls de chá de camomila + 1 colher de sopa de aveia + meio pepino + 1 clara de ovo = bater no mix e fazer uma máscara por 20 mins ( aproveite para meditar) - auxilia na acne e na hidratação.