Derramamento de petróleo atinge área ambientalmente sensível da Venezuela, dizem fontes

CARACAS (Reuters) - Petróleo bruto vazando de uma operação de uma das joint ventures da estatal venezuelana PDVSA atingiu uma região ambientalmente sensível no leste da Venezuela, disseram três fontes com conhecimento da situação nesta terça-feira.

Derramamentos de petróleo e vazamentos de gás se tornaram frequentes nos últimos anos na Venezuela, onde a falta de investimentos e atrasos em manutenção contribuíram para a deterioração da envelhecida estrutura da PDVSA.

O vazamento ocorre em um poço de petróleo na Plataforma G, disse uma das fontes, se referindo a infraestruturas localizadas no campo de águas rasas de Pedernales, no leste da Venezuela. Ele foi descoberto no sábado, segundo as fontes.

A plataforma pertence à joint venture Petrowarao, controlada pela PDVSA.

A empresa de petróleo anglo-francesa Perenco tem 40% das ações do projeto, que está praticamente ocioso.

Fotos enviadas por fontes e vistas pela Reuters mostraram uma longa mancha preta na costa e nas águas do rio Orinoco, perto das vilas de pescadores no delta do Orinoco. As fotos também mostraram funcionários com roupas de proteção limpando as praias.

A PDVSA e oMministério da Informação da Venezuela não responderam a pedidos por comentários em um primeiro momento.

O campo de Pedernales é próximo ao Parque Nacional do Delta do rio Orinoco, uma área de pradarias tropicais praticamente desabitada, onde o grande Rio Orinoco encontra o oceano. É conhecida pela sua floresta tropical, manguezais, rica vida de pássaros e vida selvagem.

(Reportagem de Mircely Guanipa em Maracay, Deisy Buitrago em Caracas e Tibisay Romero em Valencia)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos