Derrota belga contra Marrocos na Copa do Mundo provoca tumultos em Bruxelas

Conflitos nas ruas de Bruxelas após partida entre Bélgica e Marrocos na Copa do Mundo do Catar

BRUXELAS (Reuters) - A polícia belga deteve uma dezena de pessoas e realizou uma prisão no domingo, depois que a vitória do Marrocos sobre a Bélgica em partida da Copa do Mundo no Catar desencadeou tumultos em Bruxelas, com um carro e alguns patinetes elétricos incendiados.

Os distúrbios ocorreram em vários locais da capital belga, onde dezenas de torcedores, alguns envoltos em bandeiras marroquinas, entraram em confronto com a tropa de choque, que dispunha de canhões de água e gás lacrimogêneo.

"Por volta das 19h a calma retornou e patrulhas preventivas continuam nos setores envolvidos", disse a porta-voz da polícia, Ilse Van de Keere.

"Os manifestantes usaram material pirotécnico, projéteis, paus e atearam fogo na via pública", disse a polícia. "Além disso, um jornalista foi ferido no rosto por fogos de artifício. É por esses motivos que se decidiu proceder a uma intervenção policial, com disparo de canhões de água e uso de gás lacrimogêneo", acrescentou.

(Reportagem de Jan Strupczewski)