Desabamento de marquise mata quatro pessoas em cidade pernambucana

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O desabamento da marquise de uma bomboniere em Aliança, na Zona da Mata de Pernambuco, causou quatro mortes e deixou ao menos dez pessoas feridas na noite de domingo (11), durante as comemorações pelo aniversário de 94 anos da cidade de 38 mil habitantes.

As vítimas são duas mulheres de 78 e 46 anos e duas adolescentes de 16 e 15 anos.

A prefeitura cancelou as festividades que aconteceriam durante a semana e decretou luto oficial.

"Tomaremos todas as medidas possíveis para que os fatos sejam apurados e tragédias como essa jamais voltem a acontecer", diz nota divulgada pela administração municipal.

O prefeito Xisto Freitas (PSD) também lamentou o que aconteceu. "É um sentimento de tristeza e de perda muito forte. Tenho a certeza que todos os aliancenses estão assim nesta noite", disse.

Os motivos do desabamento são investigados e o local foi isolado após o acidente. Centenas de pessoas estavam nas ruas para assistir o desfile de aniversário da cidade.

As duas adolescentes mortas, Conceição Carla da Silva, 15, e Beatriz Batista Alves, 16, estudavam na Escola de Referência em Ensino Médio Joaquina Lira. A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco lamentou as mortes e prestou solidariedade às famílias.

Amigos de Conceição Carla escreveram uma carta de despedida e contaram que ela distribuía abraços, "mesmo sendo a pessoa que mais necessitava de um".

As duas mulheres que morreram são Corina Galdino Pessoa, 78, e Marly Vitorina Alves de Barros, 46. Marly e Beatriz Alves eram tia e sobrinha e, assim como Conceição, foram sepultadas nesta segunda (12). O enterro de Corina será nesta terça (13).