Descubra qual é a Média do ENEM 2016

A média do Enem 2016 só será conhecida em 2017, quando sair o resultado geral do Exame e os boletins de desempenho individual.

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) atraiu mais de 9,2 milhões de inscritos em sua edição de 2016. O número recorde tem um motivo bem claro: o Enem é hoje a principal porta de entrada para o ensino superior no Brasil.

Os participantes são, em sua maioria, estudantes do terceiro ano do ensino médio de escolas públicas e privadas. No entanto, há quem esteja prestando o Exame pela segunda vez para melhorar o desempenho, gente “mais madura” que quer usar o Enem para entrar na faculdade e até quem não concluiu os estudos em um colégio regular e precisa obter o certificado desse grau de escolaridade.

Com tantas possibilidades, é comum o estudante se perguntar: que nota preciso tirar no Enem 2016? A resposta é: depende de como você vai usar o seu desempenho! O sistema de correção das provas objetivas, que usa cálculos complexos para identificar a competência dos participantes, também não ajuda. A tal Teoria de Resposta ao Item (TRI) torna impossível calcular a pontuação com base apenas no número de acertos.

Mas estamos aqui para ajudar e preparamos este guia com a média que você precisa tirar no Enem 2016 para se dar bem nas mais variadas situações: entrar na universidade pública ou privada, conseguir bolsas de estudos, obter financiamento estudantil ou conquistar seu diploma do ensino médio. Confira!

Qual foi a média do Enem 2016?

A média do Enem 2016 só será conhecida em 2017, quando sair o resultado geral do Exame e os boletins de desempenho individual.

O Enem é cuidadosamente planejado para que cada edição tenha o mesmo nível de dificuldade. No entanto, a cada ano a média nas provas é diferente.

Na última edição, de 2015, as médias ficaram assim:

Ciências Humanas e suas Tecnologias:

-Nota mínima: 314,3

-Nota máxima: 850,6

-Média: 558,1


Ciências da Natureza e suas Tecnologias:

-Nota mínima: 334,3
-Nota máxima: 875,2
-Média: 478,8

Linguagens, Códigos e suas Tecnologias:

-Nota mínima: 302,6
-Nota máxima: 825,8
-Média: 505,3

Matemática e suas Tecnologias:

-Nota mínima: 280,2
-Nota máxima: 1.008,2
-Média: 467,9

Redação:

-Nota mínima: 0
-Nota máxima: 1.000
-Média: 543

Assim que o MEC divulgar as médias do Enem 2016, você ficará sabendo por aqui!


Média do Enem 2016 para o Sisu

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) oferece vagas em universidades públicas de todo o País sem a necessidade de fazer vestibular. O processo seletivo usa somente a nota do Enem mais recente para classificar os candidatos.

Você poderá usar sua média do Enem 2016 para tentar uma vaga nas duas edições do Sisu em 2017, em janeiro e em junho.

O Sisu não tem nota mínima para se inscrever, basta não ter zerado na redação. Porém - e esse é um grande porém - as universidades podem exigir nota mínima para disputar uma vaga e muitas vezes a concorrência é altíssima!

A média para passar vai depender do curso, turno e da universidade escolhida, além do desempenho dos outros concorrentes. Em graduações mais disputadas, como Direito, Medicina e Engenharia, a média precisa ser superior a 800 pontos. Com 600 pontos dá para passar na maioria dos cursos.

Média do Enem 2016 para o ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni) distribui bolsas de estudos parciais e integrais em faculdades privadas bem avaliadas pelo MEC. Além de cumprir requisitos de escolaridade e renda familiar, para participar do ProUni em 2017 você precisa ter feito o Enem 2016, com desempenho de pelo menos 450 pontos nas provas objetivas e nota maior que zero na redação.

O ProUni também usa a nota do Enem como critério de classificação dos candidatos. Por isso, quanto maior for sua média, maiores serão as chances de passar.

A nota de corte do ProUni depende do curso, faculdade, turno e modalidade de concorrência (cotas ou não). É possível conseguir bolsa com pouco mais de 450 pontos, mas se você quiser uma vaga em Direito ou Medicina em uma faculdade renomada, por exemplo, vai precisar apresentar um desempenho entre 800 e 850 pontos. As notas de corte de Engenharia e Psicologia costumam ficar em torno de 750 pontos. Já para entrar em Enfermagem, Administração ou Arquitetura, é necessário alcançar entre 700 e 750 pontos no Enem.

O ProUni acontece duas vezes por ano, no primeiro e no segundo semestre.


Média do Enem 2016 para o FIES

O FIES é outro programa do Governo Federal destinado a estudantes de baixa renda. Com ele, é possível financiar a faculdade privada a juros baixos e prazo a perder de vista.

Você poderá usar sua média do Enem 2016 para concorrer nas duas edições do FIES em 2017 e, caso as regras não mudem, continuar tentado nos anos seguintes. A nota mínima para participar é de 450 pontos na média das provas e nota maior do que zero na redação. Assim como o Sisu e o ProUni, costuma ser bastante concorrido.


Média do Enem 2016 para entrar direto na faculdade privada

Esta é uma facilidade e tanto! Muitas universidades privadas estão aceitando a média do Enem para selecionar alunos sem necessidade de prestar vestibular. Os critérios variam bastante entre as instituições. Há quem estabeleça uma nota mínima geral, quem exija boa pontuação em áreas afins à do curso e quem peça apenas que o candidato não tenha zerado na redação.

O ideal é consultar a faculdade do seu interesse para saber como você pode usar a nota do Enem para ingressar no curso desejado.

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC que aceitam a nota do Enem:

-Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)
-Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL)
-Universidade de Franca (UNIFRAN)
-Universidade Cidade de São Paulo (UNICID)
-Faculdade Nordeste (FANOR | DeVry) - em Fortaleza
-Faculdade Boa Viagem (FBV | DeVry) - em Recife
-Faculdade Ruy Barbosa (Ruy Barbosa | DeVry) - em Salvador


Média do Enem 2016 para obter o Certificado de Conclusão do Ensino Médio

Essa é uma possibilidade oferecida pelo MEC a quem não está matriculado em uma escola regular e quer usar o Enem para comprovar que tem o conhecimento necessário para obter o diploma desse nível de escolaridade. Para isso, é preciso ter marcado essa alternativa na inscrição do Exame, ter pelo menos 18 anos no primeiro dia das provas e atingir a seguinte pontuação:
-450 pontos ou mais em cada uma das quatro provas objetivas (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Linguagens e Matemática).
-500 pontos ou mais na redação



Veja também:

Quem pode fazer o Enem

Tudo sobre o ENEM 2016

Como usar a nota do Enem para entrar na faculdade